quinta-feira, 17 de maio de 2018

Mother!




Título em Português: Mãe!
Realizador: Darren Aronofsky
Argumento: Darren Aronofsky
Atores: Jennifer Lawrence
Duração: 2h01 minutos.
Ano: 2017
Género: Drama/mistério
Classificação: maiores de 16



Sinopse: o relacionamento de um casal é posto em prova quando dois estranhos entram, sentam e aos poucos tomam conta da casa.

Eu não gosto de filmes metafóricos. Quando vou ver um filme, quero entretenimento e diversão e não charadas. Compreender este filme obriga-nos a entrar na mente do realizador e escritor e é preciso que assim seja se quisermos que o filme faça sentido. Se procurarmos analizar o filme pelo que estamos a ver no ecrã, sem mensagens sublimares, ficamos com uma historia confusa e muitas vezes ridícula. 

A mulher vive dedicada ao marido e ao conserto da casa. Aos poucos é ela quem renovou cada quarto. O marido por sua vez, é um poeta cujo trabalho é única e exclusivamente dedicar-se a escrever. 

Um belo dia, um medico bate à porta do casal. Quando descobre que ele é fã do medico, o poeta convida-o para ficar porque faz-lhe bem ao ego ser admirado. O problema começa quando o medico chama a esposa e consequentemente os filhos vêm atrás. O caos instala-se e o que seria suposto ser um lar pacifico, torna-se um pandemónio para a dona da casa. Quando ao marido, adora a ideia de ser bajulado e não repara no mundo a ruir à sua volta. 

Gostei: humm… gostei dos efeitos especiais no geral. 

Não gostei: de tudo o resto. 

Pontuação: 4/10 

quinta-feira, 10 de maio de 2018

The Secret Scripture




Título em Português: Escritos Secretos
Realizador: Jim Sheridan
Argumento: 
Atores: Rooney Mara
Duração: 1h48 minutos.
Ano: 2016
Género: Drama/romance
Classificação: maiores de 14



Sinopse: Uma mulher usa a biblia como forma de registar o que aconteceu no seu passado e a levou a estar internada num manicómio. 

O manicómio vai fechar e todos os doentes serão enviados para outras instituições. Todos menos Roseanne que recusa-se a sair. 

Com ajuda do dr. Grene e da enfermeira que recusa abandonar a sua amiga, ficamos a saber do passado daquela doente. A sua biblia conta uma historia de amor, ódio e vingança e de como nem todos os doentes mentais têm realmente problemas do foro psiquiátrico. Às vezes, desabafar faz com que se saiba mais sobre o porquê das coisas serem como são. 

Gostei: É um filme fofo e com boas interpretações. 

Não gostei: o final foi previsível. 

Pontuação: 7/10 

terça-feira, 1 de maio de 2018

A Walk among the tombstones




Título em Português: O Caminho entre o bem e o mal
Realizador: Scott Frank
Argumento: Scott Frank
Atores: Liam Neeson
Duração: 1h54 minutos.
Ano: 2014
Género: Crime/drama
Classificação: maiores de16



Sinopse: Scudder é um detective privado contratado por um chefe da droga para descobrir quem raptou e assassinou a sua mulher. 

Scudder era um policia até ao dia em que um grave acidente aconteceu. Sem família nem emprego, o homem deixou que o vicio da bebida tomasse conta da sua vida. Com a ajuda dos alcoólicos anónimos, superou o vicio e passou a trabalhar como detective privado. 

Quando Kenny contrata Schudder para descobrir quem assassinou a esposa, as coisas ficam fora de controle porque o detective descobre que está a lidar com gente perigosíssima. 

Gostei: o filme tem uma boa história 

Não gostei: mas para quem costuma ver Liam neeson em filmes com bem mais acção, este deixa muito a desejar. 

Pontuação: 6.5/10 

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Brimstone




Título em Português: Brimstone - Castigo
Realizador: Martin Koolhoven
Argumento: Martin Koolhoven
Atores: Dakota Fanning
Duração: 2h28 minutos.
Ano: 2016
Género: Thriller
Classificação: maiores de 18



Sinopse: A chegada do novo reverendo vai transformar a vida de Liz que já o conhece de um passado de sofrimento. Agora ela terá de lutar pela sua vida e dos que ama. 

Liz é a segunda mulher de Frank. Ele já tem um filho de um anterior casamento e em comum têm uma filha pequena. A jovem não se dá bem com o enteado mas faz os possíveis para que convivam em harmonia. 

Quando o novo reverendo, rigoroso e impiedoso chega à cidade, todas as pessoas ficam assustadas pelo seu discurso bastante austero. Mas só Liz sabe do que aquele homem é capaz de fazer porque já se cruzou com ele antes. 

Quando o fanatismo religioso mistura-se com o desejo de vingança, tudo pode correr mal.

Gostei: Este filme foi interessante mas não posso revelar grandes detalhes sobre ele porque senão estaria a contar partes fundamentais. 

Não gostei: do final. 

Pontuação: 7.5/10 

terça-feira, 17 de abril de 2018

I, Tonya





Título em Português: Eu, Tonya
Realizador: Craig Gillespie
Argumento: Steven Rogers
Atores: Margot Robbie
Duração: 2h00 minutos.
Ano: 2017
Género: Biografia
Classificação: maiores de 16



Sinopse: Tonya Harding é uma atleta de patinagem. Graças à pressão constante da mãe, ela tenta ser a melhor do mundo mas o que acontece nos bastidores irá afectar fortemente o seu desempenho no gelo. 

Tonya é uma grande atleta mas não agrada a todos. A sua figura desajeitada e pouco cuidada faz com que ela seja uma presença indesejada por muitos numa competição que se pede graciosa e feminina. Porém, o seu passado problemático revela-se prejudicial no seu presente. 

Para fugir aos abusos cometidos pela mãe, Tonya casa-se com jeff mas o relacionamento também não corre bem. O seu marido violento não deixa que ela brilhe como podia e a vida pessoal interfere cada vez mais com a profissional. 

Um belo dia, Jeff e o amigo Shawn decidem pregar um susto à rival de Tonya e as coisas ficam fora de controle. Por causa disso, a patinadora vê-se acusada de um crime que não cometeu e a sua carreira fica em risco. 

Gostei: Não sei se a intenção era fazer uma comedia ou não mas fiquei confusa com a interpretação das personagens. 

Não gostei: o estilo biografia não faz exactamente o meu género. 

Pontuação: 6/10

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Phantom Thread





Título em Português: Linha Fantasma
Atores: Vicky Krieps
Duração: 2h10 minutos.
Ano: 2017
Género: Drama/Romance
Classificação: maiores de 12



Sinopse: Um costureiro, habituado a vestir as senhoras de classe alta, conhece uma empregada de bar e faz com que ela seja a sua musa. 

Dizem que Daniel Day-Lewis é um grande ator. Não duvido dos seus dotes cénicos mas neste filme não brilhou. Alias, a única coisa que brilha são mesmo os vestidos e não foi por acaso que ganhou o oscar para melhor guarda-roupa. Infelizmente é só isso que temos. O filme é simples e sem grande história. 

Woodcock é um costureiro habituado a ter tudo o que quer e como quer. Quando conhece uma jovem num bar, acha que ela tem as formas ideais para servir como modelo para os seus vestidos. Logo convida-a para viver com ele e a jovem apaixona-se pelo seu mentor. Nem tudo corre bem e Alma vê-se aflita para satisfazer os desejos do seu amo e a adapta-se a um mundo novo não é tarefa fácil. 

Gostei: Da roupa. 

Não gostei: Da historia que não ata nem desata, dos atores que foram bem mais ou menos. 

Pontuação: 6/10

segunda-feira, 2 de abril de 2018

The Last of the Mohicans




Título em Português: 
Realizador: Michael Mann
Atores: Daniel Day-Lewis
Duração: 1h52 minutos.
Ano: 1992
Género: Aventura/Drama
Classificação: maiores de 12


Sinopse: Dois índios e o irmão branco adoptivo são encarregues de salvar as filhas de um coronel britânico em plena guerra civil. No meio da guerra entre britânicos, franceses e índios, só sobrevivem os mais fortes. 

Apesar do filme ser de 1992 e aparentemente já ter sido visto por toda a gente, só este ano pude vê-lo. É um daqueles filmes que ficaram na historia do cinema, graças à excelente interpretação de um actor: no caso, Daniel Day-Lewis. 

Hawkeye (Daniel Day-Lewis) é um branco no meio dos índios e apesar de pertencer a outra raça, é bem acolhido como se fosse um irmão de sangue. Ele tem o melhor dos dois mundos: como branco, entende a linguagem dos brancos mas o convívio com os índios dá-lhe um espirito independente e pouco submisso. 

Quando por acaso esbarra com Cora, a filha de um coronel britânico, a sua vida muda completamente e ele vê-se metido em apuros ao ser preso e acusado de traição. 

Gostei: Daniel Day-Lewis é sempre um bom motivo para ver um filme e verdade seja dita, era um pedaço de mau caminho naquela altura. 

Não gostei: Demasiada guerra e pouco romance. 

Pontuação: 7.5/10 

terça-feira, 27 de março de 2018

Kingdom of Heaven




Título em Português: Reino dos Céus 
Realizador: Ridley Scott
Argumento: William Monahan
Atores: Orlando Bloom
Duração: 2h24 minutos.
Ano: 2005
Género: Aventura
Classificação: Maiores de 12



Sinopse: A época passa-se durante as cruzadas e Balian parte para Jerusalém pois lá dizem que todos os pecados são perdoados. A viagem é difícil e quando chega lá, terá muitas mais lutas para travar.

Orlando Bloom é Balian, um simples ferreiro de uma pobre aldeia. Com o desgosto pela morte da mulher e do filho, o rapaz tornou-se isolado de tudo e de todos. A sua vida muda completamente quando conhece Godfrey e descobre que ele é o seu pai. O pai percebe que ele não está bem e propõe-lhe ir para Jerusalém. Balian só quer saber se a mulher e o filho estão bem no além e se os seus pecados serão perdoados. 

A chegada a Jerusalem traz muitas surpresas. Lá, ele conhece uma mulher misteriosa, apaixona-se por ela mas o marido não lida bem com essa situação e fará de tudo para destrui-lo. Se por um lado ele ganha ódios de estimação, por outro ele traz alegria e esperança ao povo e fará de tudo para protege-los quando os invasores chegarem.

Gostei: Grandes efeitos especiais e bons momentos de acção mas…

Não gostei: achei que a história poderia ser mais bem explorada e não gostei do Orlando Bloom neste papel.

Pontuação: 7/10